sábado, 12 de maio de 2012

Caracol, caracolinho vem para o solinho :))


E já chegámos aos meses do caracolito. 
Sempre ouvi dizer que os caracóis comem-se nos meses sem 'r'.
Desde pequena que me habituei a comer estes pequenos bichinhos nos cafes 
com os meus pais e amigos.
Já se veem nas tascas, cafés e restaurantes as folhas brancas A4 a dizer "Há caracóis".
Petisco que agrada a muitos e é detestado por outros. 
Mas faz as delícias dum belo petisco acompanhado pela cerveja fresquinha.
Estes foram feitos em casa na companhia de uma fresquinha que sabe mesmo bem. 
Até as miúdas gostam:)

Beneficios do Caracol

O Helix Aspersa Maxima tem um aspecto carnudo, de carne clara e muito apreciada na culinária. Facilmente extraído da concha e de sabor requintado, diferencia-se do caracol silvestre pela homogeneidade das suas características de produção: uma alimentação controlada e a rastreabilidade em todo o seu processo produtivo possibilita o indispensável controle sanitário e garante a qualidade do produto.

O seu consumo é recomendado para vários tipos de doenças. Os aminoácidos contidos nas proteínas da carne do caracol, contribuem para a reconstituição da integridade dos tecidos gástricos e, portanto, para a cura da úlcera. Por ser um alimento rico em cálcio e ácidos gordos, polinsaturados, é também recomendado nos casos de raquitismo e no combate ao colesterol. O alto teor de sais minerais e ferro, revelam-se úteis  durante a gravidez e amamentação. Pobre em lipídos, são indicados para aqueles que sofrem do fígado e obesidade.

O valor calórico por 100g de carne de caracol varia entre as 60 e as 80 Kcal. Os caracóis são maioritariamente compostos por água (70-85%), sendo pobres em gordura (0,3-0,8%) e com um teor proteico entre 13 e 15%. São relativamente ricos em minerais, sobretudo em Cálcio, contendo também Ferro, Magnésio, Cobre e Zinco.

Como preparar

Fiz a primeira experiência caseira e bimbólica o ano passado e correu muito bem.
Este ano estou à espera que os sogros venham da terra para repetirmos esta aventura.

Lavar muitas vezes os caracois em várias aguas às quais se junta vinagre para limpar melhor.
Na última lavagem é so com água. 
Escorrem-se e tapam-se. 
Deixar os bichos tapados em agua morna durante 15 minutos para sairem outra vez. 
Com a água morna incham e já não conseguem voltar a entrar.
Truques do forum dos bimbolicos ;)) 

Ingredientes:

Caracóis
Azeite
1 cebola
6 dentes de alho
louro
100g de bacon aos cubos
100g de chouriço ou linguiça aos cubos
sal, pimenta e piri-piri q.b.
1L de água
1 cerveja
coentros
uma mão cheia de oregãos

Faça um refogado com cebola, alho, azeite, bacon, chouriço, sal, pimenta, piri-piri e louro.
Juntar os coentros, os oregãos, 1 litro de água e uma cerveja.
Bichinhos para dentro do cesto e ficaram a cozinhar durante 30 min /100º/vel.4


Et voilá!!!!
Bom apetite!!!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...